Como criar um ser humano?

O processo de criação de personagens fictícias é o ponto de partida para grandes histórias, sejam literárias, sejam de marketing e vendas. Como criar um ser humano? Dando-lhes problemas e encontrando soluções.

O corpo de uma história é semelhante ao de um ser humano. Faz-se por camadas, com os ossos, os músculos e a pele a dependerem do escritor que se senta em frente ao computador.

O que é uma grande personagem?

A normalidade é tudo o que o leitor não quer encontrar nas histórias que lê. É por isso que lê: para escapar do que é normal e ter a oportunidade de mergulhar em intrigas, dramas e conflitos sem que tenha impacto real no seu dia-a-dia. Um grande personagem permite fugir da normalidade. Tem passado, presente e futuro. Pode ter pele azul ou voar, mas é partilhado de forma verosímil. O importante é que crie laços de proximidade connosco, nos emocione, nos faça pensar e provoque.

Quando sentimos compaixão, carinho ou ódio por um personagem, significa que estamos perante um ser humano. Nem que tenha quatro metros de altura e tenha fobia de kiwis.

Como construir um ser humano?

Passo 1: Interrogatório

– Nome?

– Idade?

– Sexo?

– Onde nasceu e onde vive?

– Qualidades e defeitos?

– O que  alegre e entristece?

– Paixões?

– Lema de vida?

– Quais são os sonhos e projetos e de futuro?

– Quem são os pais e os avós?

– Tem um arqui-inimigo? Quem ou o que é?

– Quem são os seus amigos?

– Tem traumas?

E assim sucessivamente até encontrar respostas para as questões que considerar importantes para poder criar personagens coerentes e verosímeis.

Passo 2: Enredo

Crie relações entre as personagens.

Passo 3: Descrição

Pense nas pesonagens isoladadamente, mas também em contexto e interagindo com outras personagens. Escreva tudo o que lhe vier à mente sobre as personagens, sem se preocupar se faz sentido ou não.

Passo 4: Intenção

Os seres humanos, ainda que fictícios, precisam de motivações, perspetivas sobre o mundo e propósito de vida. Ou seja, deve ter uma intenção para cada personagem. Se não tiver é porque a personagem não é relevante e, como tal, pondere se faz sentido tê-la ou não na história.

Passo 5: Backstory

Refere-se ao passado da personagem, ao que moldou o seu caráter e situação presente. Pode ser desenvolvido em qualquer fase da escrita, mas quanto mais cedo mais fácil será compreender qual é o ponto a que a personagem deverá chegar no final da história.

Finalmente

Como construir um ser humano é o primeiro passo da escrita. A historia depende de mais pilares, nomeadamente estrutura, conflito e emoção. Fuja da normalidade sem nunca se esquecer que deve ser credível.